segunda-feira, 15 de abril de 2013

Fernando Moura pede providências para Lava Rápido na entrada da cidade

 

Em sessão realizada no último dia 15 de março, o vereador Fernando moura, questionou o lava-rápido localizado em um posto de combustível na entrada da cidade, segundo o vereador a problema é observado desde a gestão passada. "Esse problema foi criticado e na gestão passada mas nunca nenhuma providência foi tomada, se aumentar as canaletas, a operação tapa buraco ou seja o que for não vai resolver, enquanto não mudar a saída da água". falou o vereador

Ciclovia na entrada da cidade

O vereador aproveitou ainda para para falar sobre a Ciclovia na entrada da cidade, Fernando relatou que na gestão passada chegou um ofício do ministério das cidades, relatando que não liberava recursos para a ciclovia em município com menos de 50 mil habitantes, o vereador afirmou que o serviço tinha sido suspenso e que o empreiteiro Aguinaldo Portela fez o serviço de escavação e ficou no prejuízo, e que não sabe informar se a prefeitura o ressarciu.

Suzano

Ainda em sua fala, Fernando Moura , disse que viu uma reportagem sobre a Fábrica da Suzano, onde o representante da mesma, culpou o ministério público do Piauí, por ter feito o embargo e a Suzano não fazia mais nenhuma obra no Piauí, por causa das exigências do IBAMA, Meio Ambiente e uma série de coias e talvez não estava adequada para cumprir a obra.

Royalties

O Senado Federal resolveu um impasse muito grande, conseguindo a distribuição para ps estados, o petróleo não é só do Rio de Janeiro e Espirito Santo ele é da união, sendo assim, de todos os estados. Para Elesbão Veloso aumentará a receita e var ser distribuído na educação, na saúde e em outras áreas, não var ser como os prefeitos queriam gastar com qualquer coisa, vai ser destinado para cada setor. O piauí foi discriminado e visto como o estado menos valorizado e mais pobre da nação, mas com os Royalties resolvido vai melhorar rodos os estados, inclusive o nosso. Concluiu o vereador.

Fernando Moura discursa na tribuna da CMEV

Nenhum comentário:
Write comentários