quarta-feira, 17 de maio de 2017

Paulo França informa retirada de gambiarras e cobra melhorias em bairros da cidade

 

O vereador Paulo França-PSB, parabenizou todas as mães do município, pelo dia das mães que ocorreu no último domingo (14), o vereador parabenizou de forma especial a sua mãe, dona Maria Rodrigues dos Santos.

- Aqueles que ainda tem mãe é muito bom, mas aqueles que não tem, não fique triste pois pode ainda estar prestando uma homenagem indo ao tumulo e acendendo uma vela e fazendo suas preces - falou.

Parabenizou Elesbão Veloso

Paulo França aproveitou ainda para parabenizar Elesbão Veloso pelos seus 63 anos de emancipação política no último dia 13 de maio.

- Elesbão Veloso já conta com uma boa infra-estrutura, mas ainda tem muito pra ser feito, nos precisamos trabalhar mais na parte de calçamento como também a parte de esporte, enfim alguns órgãos que funcionam, não funciona adequadamente, e precisamos sim melhorar na saúde, na educação, no esporte, na cultura onde são politicas públicas que precisam melhorar para o andamento do município. - falou Paulo frança.

 - Queia pedir aqui aos nossos deputados federais, nossos colegas vereadores e o prefeito municipio que olhe de maneira especial aquelas que mais precisam, aqueles que moram nos bairros que ainda estão precisando de apoio do poder público municipal - afirmou Paulo.

Rua Edwirges Barreto no bairro Matias

Paulo França cobrou melhorias para a Rua Edwirges Barreto no bairro Matias e informou que os moradores estão aguardando por parte do poder público municipal a construção de calçamento para que os moradores possam melhorar não somente no aspecto visual como de deslocamento.

- A prefeitura realizou um serviço de terraplanagem senhor presidente e colegas vereadores na rua Edwirges Barreto, iniciando da rua do Cruzeiro, mas esse serviço em nada contribuiu para melhorar as condições das pessoas que ali vivem, que ali residem e por ali precisam transitar. -

- Com relação a terraplanagem, estouraram os canos da Agespisa, e com isso alagou toda a via, e com isso esta causando muito dificuldade para os moradores transitarem. É preciso que a prefeitura tenha mais cuidado e atenção ao realizar este tipo de serviço. Lá tá difícil o acesso, e se não bastasse a dificuldade de locomoção na rua, ainda temos a escuridão que toma conta de toda aquela via a noite. As pessoas que precisam se descolar a noite, estão passando por uma extrema dificuldade. Porque tem a lama e falta de iluminação pública. Todos sabemos que a iluminação pública é por conta da prefeitura e ela esta deixando a desejar, e muito. A parte de iluminação esta muito ruim, a cidade quase toda. Então é preciso que se encaminhe ao setor competente, para que possa assim, estar viabilizando a reposição dessas lampadas com a maior brevidade possível.- falou Paulo

Além dessa rua Edwirges Barreto temos no povoado Baixa do Curral, nas proximidades da residencia do senhor Antonio Heleno, um idoso, e lá esta sem iluminação pública há mais de 4 meses. E esperemos que o poder pública possa estar olhando para aquela comunidade que esta precisando de atenção por parte do poder público municipal.

Abaixo assinado para retirada de gambiarras

Paulo França destacou que juntamente com moradores do bairro Piçarra, fez um abaixo assinado e protocolou junto ao ministério público local, no sentido de retirar as gambiarras daquele bairro.

- Mesmo com o abaixo assinado, não foi possível que a empresa pudesse atender todo aquele bairro, porque como vereador jamais vou fazer uma reivindicação apenas para atender uma família ou um grupo. Eu fiz para o bairro todo. Como não foi possível atender o bairro completo, eu fiz um segundo abaixo assinado e desta forma o Ministério Público junto com o poder judiciário determinou que a empresa colocasse os postes, e assim jap foram instalados cinco postes e já estão com toda a gambiarra toda retirada, da rua Cel. Antonio Teixeira, restando as ruas três de outubro, Manoel Alves de Oliveira e Projeta I e II. - Falou Paulo

A empresa já fez sua parte que é a de levar energia, a parte de iluminação pública é de responsabilidade da prefeitura, e aqui aproveitou para solicitar que a prefeitura coloque sim, as luminárias (lampadas) para iluminação publica, para que as pessoas possam transitar com mais segurança. A taxa de iluminação pública quem paga são as pessoas, então é preciso sim que seja colocadas essas luminárias - Afirmou Paulo.

Unidade Escolar Raimundo Rodrigues

O vereador informou que atendendo a convites de moradores esteve recentemente visitando a Unidade Escolar Raimundo Rodrigues.O vereador destacou que devido ao bom período invernoso, o muro da Escola está causando perigo aos moradores das imediações, onde corre o risco de desabar a qualquer momento. Paulo França pediu que a pessoa responsável pela infra-estrutura do município possa estar avaliando a possibilidade de reconstrução do muro daquela unidade escolar.

- O muro pertence a Unidade Escolar Raimundo Rodrigues, e a casa do morador ao lado está correndo o risco que caso esse muro desabe, vai sim derrubar a casa e causar perigo aos moradores daquela residência. Os moradores estão pedindo a intervenção da Prefeitura no sentido de avaliar a necessidade ou não de fazer um novo muro ou a colocação de estacas de concreto para que possa dar uma maior segurança para os alunos e servidores daquela Unidade Escolar como também aos moradores que vivem ao lado daquele prédio. - falou Paulo.

Rua Julião Tebes Taveira no bairro Matias

Paulo França reclamou da grande quantidade de matagal na rua Julião Tebes Taveira que agora estaria também com uma grande quantidade de entulho atrapalhando se transitar pelo via.

Além de deixar a via limpa a prefeitura poderá estar proporcionado uma melhor qualidade visual aquela rua. É um pequeno trecho que compreende da rua do Cruzeiro a Av, Sambaíba. Queia aqui pedir ao setor competente que visse isso coma maior brevidade possível - Cobrou Paulo França.

Espaço de Lazer Zezi Soares

O complexo de Lazer já foi construindo ainda na gestão anterior, e aí senhor presidente , colegas vereadores, a gente fica observando o que esta acontecendo em Elesbão Veloso? Nós precisamos de conservar as coisas e não de acabar o que tem aí. Então houve inicialmente a retirada dos banheiros, ou seja, quebraram os banheiros, os banheiros que era utilizados pela população, o poder público simplesmente mandou demolir quebrou, acabou e ficou por isso mesmo.

Nós entendemos como homem público, que os recursos já foram empregados, e isso esta deixando muito gente triste, começaram pelos banheiros e agora teve a cobertura do palco foi retirada
Gostaria que vossa excelência encaminhe ao prefeito municipal, esse pedido de informação.

- Porque a população quer saber, porque foi retirado, qual o local foi colocado esse material retirado e com qual a finalidade que foi retirada a cobertura daquele palco? Porque se ele foi construído é porque precisava. E é preciso responder a população, porque lá foi construído com recursos públicos, recursos do povo Então, é preciso que se justifique porque esta retirando. - Cobrou Paulo França.

Funcionamento do SAMU local

Paulo França questionou se a presidência já teria alguma resposta sobre o funcionamento do SAMU local, pois em sessão anterior foi informado da possível da desativação do serviço no município.

- Na sessão anterior foi tratado aqui sobre o SAMU, e gostaria de saber se já temos alguma resposta com relação ao funcionamento do SAMU, ou se ainda esta sem resposta? - Questionou Paulo.

Paulo informou que esteve conversando com o médico que teria ocasionado o problema da possível desativação do SAMU local, onde o médico deu sua posição sobre o ocorrido.

- Estive conversando com médico no hospital, e ele falou que não denunciou o hospital e não denunciou o SAMU, ele apenas fez o trabalho dele como profissional, solicitou o transporte para levar o paciente. Quando o médico da regulação falou que ele precisava ir, ele informou que era difícil pra ele, porque precisava ir com o técnico do hospital e a ambulância não era uma avançada para aquele tipo de trasporte, e sim uma ambulância que presta serviço pra prefeitura, e foi nessa momento que o regulador do SAMU falou que estava errado. A parte administrativa cabe a secretaria e ao prefeito e nesse caso o médico não tem nenhuma responsabilidade com relação a isso. Ele tem sim com o paciente! Afirmou Paulo França.

Paulo França afirmou que procurou o médico no Hospital Norberto Moura para se embasar sobre realmente o que ocorreu no dia do incidente.

- Eu me senti obrigado a ir atrás do médico, porque eu não sabia quem realmente estava com a razão nesse caso aí, o médico não fez mas que a obrigação dele. Ele só falou isso, a partir da ligação é que veio esse problema. Ele falou que se soubesse que iria dar nisso, nem teria ligado - falou França

O vereador afirmou que é necessário resolver a questão do SAMU com a máxima urgência possível e pediu que o município procedesse com a resolução.

- Ou que seja esse médico ligando ou não ligando, nós temos que colocar esse SAMU pra funcionar, só queria deixar aqui claro, que não foi o médico que atrapalhou não. Isso precisa ser resolvido, essa ambulância já esta com mais de dois anos, Acredito que já dava pra prefeitura ter arrumado essa ambulância. - Concluiu Paulo França.

Nenhum comentário:
Write comentários